Certificação Ambiental NBR ISO 14001

Mais uma empresa catarinense a receber a certificação do seu Sistema de Gestão Ambiental (SGA) baseado na NBR ISO 14001 com apoio da consultoria da ECOLAND SOLUTION – CONSULTORIA AMBIENTAL.
Nesta semana de 23 a 25 de julho de 2014, aconteceu a Auditoria de Certificação Ambiental onde a Empresa HERA SUL TRATAMENTO DE RESÍDUOS LTDA , uma  empresas de tratamento e destinação final de resíduos industriais da cidade  Rio Negrinho, recebeu a recomendação de certificação de seu SGA ISO 14001.
hera sul foto
Sendo esse o resultado do serviço  da consultoria prestado pela  ECOLAND SOLUTION Consultoria ambiental, que  implantou o SGA e assessorou a empresa em todo o processo de certificação.
 A empresa Hera Sul  já é a segunda empresa no setor  de Tratamento e Destinação final de Resíduos Industriais com a ISO 14001 através dos serviços de   consultoria da ECOLAND SOLUTION  e sua Equipe Multidisciplinar.
Registramos aqui nosso Parabéns a Hera Sul pela certificação e compromisso com o Meio Ambiente.
Nossos agradecimentos a Equipe de funcionários da  Empresa pela colaboração e engajamento ao programa, e também a toda equipe Ecoland pelo profissionalismo.

Gestão Ambiental na Construção Civil

A mídia não para de nos  informar o quanto o setor da Construção Civil é o mais crescente do país, e responsável por uma das maiores fatias de oferta de emprego no Brasil.  Assim não há como deixar de  questionar, a que tantas está a orientação e direcionamento desse Setor com relação ao Impacto Ambiental por ele gerado? Poucos Empresários desse Setor sabem que através de um olhar Ambiental, além de reduzir os impactos causados por suas atividades, terão uma  melhoria  no aproveitamento da matéria prima, de forma a ter menos descarte  portanto reduzindo o desperdício, o que claro irá refletir em um menor volume de resíduos.

construção

” Uma empresa hoje para estar atendendo o que prevê a resolução CONAMA assim como a política nacional  de resíduos sólidos, precisa ter um PGRS ( Plano de gerenciamento  de resíduos sólidos) e dar o destino adequado, que prevê a gestão de todo resíduo gerado.  A Pergunta é : Tendo a noção do tamanho que representa esse setor e o volume de resíduo gerado, pra onde está sendo destinado no momento tudo isso? Quantas Empresas de construção tem seu plano de resíduo aprovado? Será que o Empresário deste setor,  tem noção do quanto poderia reduzir seus custos e diminuir o desperdício de material e assim contribuir para o meio ambiente, gerando menos resíduos, e assim reduzindo o impacto de sua atividade ao meio ambiente? Hoje o desperdício de material neste setor chega a 40% .”

construção1

“Há um tempo, estava num projeto  em Tocantins, com o objetivo de desenvolver um Sistema de Gestão Ambiental para a Indústria da Construção Civil integrado com o Sistema PBQPH.

Baseado na  Norma NBR 14001:2004  e Resolução CONAMA 307/2003 comecei fazendo um Diagnóstico Ambiental de Plano de Gestão para as adequações nas práticas existentes, ao mesmo tempo que capacitava uma equipe para dar continuidade ao trabalho de forma independente, depois disso trabalhamos  na inclusão do SGA.

Encontrei situações das mais variadas: Num município em especial no local onde depositavam os resíduos, mesmo em uma área centralizada,  tinham a prática de atear fogo nos resíduos para reduzir o volume. Detalhe que esse terreno era de um vereador da cidade.
O material depositado muitas vezes não se restringia a construção civil,  para ter uma ideia havia até uma geladeira, pode-se imaginar o tamanho  dos impactos desse setor.
A grande questão é estarmos atentos ao quanto se pode reduzir a geração de  resíduos, e melhorar a gestão destes. Começando-se ao menos a avaliar o que está sendo gerado, como é gerado e o que é feito com este material?”

construção2

Assim recomendo à Empresa que antes de iniciarem um empreendimento, faça um Diagnóstico Ambiental, o que já irá dar um panorama de onde e de que forma trabalhar as questões acima mencionadas.

A evolução não é uma luta competitiva pela existência, mas sim uma dança cooperativa.” (Fritjof Capra)

Frase Marcante de Físico Fritjof Capra em uma palestras no 10° Congresso Brasileiro de Direito Socioambiental e Sustentabilidade, em material de divulgado pelo Instituto Carbono Brasil.
Entre os pontos marcantes dessa palestra é o Brasil ter sido apontado como possível líder para um futuro sustentável e a sua visão sobre o conceito de desenvolbimento sustentável: onde coloca que “Uma comunidade sustentável deve ser desenvolvida de forma que a nossa forma de viver, nossos negócios, nossa economia, tecnologias, e estruturas físicas não interfiram na capacidade da natureza de sustentar a vida. Devemos respeitar e viver de acordo com isto”.

Para ver a Matéria completa: http://www.institutocarbonobrasil.org.br/noticias6/noticia=734786

Desafios das Micro e Pequenas Empresas

A grande complexidade com que se deparam as Micro e Pequenas Empresas para atender as leis  e normas, tanto ambientais como outras, e a postura do poder público de simplesmente publicar leis,  sem se dar o trabalho de conscientização e preparação para um atendimento diferenciado a  essas empresas apoiando-os e motivando em seu  crescimento, coloca em risco a sobrevivência de uma porção importante da indústria que são os micro e pequenos empresários tanto do campo como da cidade.

Produtos do campo legalizados, transformam o pequeno agricultor em Micro Embpresário

Produtos do campo legalizados, transformam o pequeno agricultor em Micro Empresário

“Órgãos de fiscalização tanto ambientais, vigilância sanitária,  ministério da agricultura,  entre outros, poderiam ter uma postura de apoio e não somente de controle!”

 

A exemplo da prefeitura de Cianorte no Paraná, como mostra nesta matéria do Globo Rural:

http://g1.globo.com/economia/agronegocios/noticia/2013/07/agricultores-conquistam-direito-de-vender-produtos-sem-restricao-no-pr.html

Pode-se observar nesta matéria ações concretas do que se pode verdadeiramente chamar de Sustentabilidade na prática.

Recadastramento no Cadastro Técnico Federal do IBAMA

É importante ficar atento ao RECADASTRAMENTO do Cadastro Técnico Federal (CTF) do IBAMA.
O recadastramento teve início em 1º de Julho de 2013 e vale para todos que estão cadastrados junto ao IBAMA. Os que vão se cadastrar agora, já o fazem dentro das novas regras.
O prazo termina em 30/09/2013 para empresas de grande porte, 31/12/2013 para as de médio porte e 28/02/2014 para microempresas.
O recadastramento é obrigatório e a sua não realização dentro do prazo implica em bloqueio no acesso a todos os sistemas geridos pelo IBAMA,

Fique ligado

Sergio Rosa

Palestra de sensibilização ambiental e sustentabilidade

Quando falo de sustentabilidade não sei se realmente consigo sensibilizar as pessoas, mas a verdade é que eu fico muito sensibilizado. Quando penso do preciso para viver bem, o que meu pai, meu avô….. fica claro que cada vez mais cresce as nossas necessidades, e aí pensando nos custos ambientais dos processo produção e o crescimento da população,…., só me ocorre uma palavra ” MUDANCA”.

Ontem, 28/06/13. Palestra de sensibilização Ambiental na empresa EUROFIOS em Blumenau.
DSCN4453

Boas vindas

Olá,

Sou o Sergio Rosa, bem vindos!

O objetivo deste blog é compartilhar experiências, interagir com outros profissionais e disponibilizar informações a interessados na área de meio ambiente e sustentabilidade. Contribuir para a mudança das organizações e pessoas visando uma relação mais harmoniosa com o meio ambiente e a qualidade de vida.